segunda-feira, 20 de junho de 2011

INGÊNUO CORAÇÃO!


Coitado deste coração bobo
Acredita que pode amar
Que tudo são flores
Que você vai voltar

Que bucólico este coração
Eu já te falei mil vezes que não
Já te expliquei que é apenas ilusão
Que isto não tem volta
 Não existe solução

Pois bem!
Agora fiquei aí a sofrer sozinho
Pare de me apertar o peito
Com você me sufocando
Não consigo respirar deste jeito

Eu te alertei
Dei-te conselhos
E você teimoso não me ouviu
Agora sinta o sabor de minhas lágrimas
Eu não vou deixa-las cair.

Coração bobo, tolo.
Como pôde se deixar iludir assim?
E ainda me maltrata
Não me deixa sequer dormir

Não foi por falta de aviso
Acho melhor se acalmar
Se acostumar
Bater devagar
E me deixar sorrir.

Sol.Sunshine

Nenhum comentário: