domingo, 10 de julho de 2011

BRIGAMOS!

Um livro marcado ao meio, esquecido.
Um café tomado apressado
Largado, esfriado
Um adeus inesperado.

Drogas de palavras malditas, não ditas
Em uma briga interminável.
Ações que levam a reações
Que vão ferir.
Uma angústia, uma mágoa
Uma cicatriz.
O desespero de ver partir.

Uma discursão sem sentido
Na garganta silencia um grito
Uma porta batida
Um olhar pra atrás
Uma despedida

Planos inacabados
Retratos resgados
Um choro abafado
Apenas o começo
De você sem mim...

SOL.Sunshine

Nenhum comentário: