sábado, 27 de agosto de 2011

UM ROSTO ATRÁS DAS GRADES!

Uma mistura de pele e ferro
Cabelos emaranhados
Uma boca muda que grita por socorro
Um olhar intenso que camufla a fragilidade
De um amor ausente
O temor de errar novamente.

Palavras sem nexo e tentativas frustradas de explicação
Da dor em teu âmago mostras teus fantasmas e receios.
Tua assombrosa, temível, porém, escolhida...
E muitas vezes desejada solidão.

Um rosto apenas atrás das grades
Na tentativa inocente de ocultar do mundo
Tua fúria
Tuas vontades frustradas.
Teu ódio refreado, contido...
Teu desengano sofrido
Tua imensa decepção!

Atrás das grades
Um rosto apenas, de uma miserável multidão!

SOL.Sunshine

Nenhum comentário: