quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

ENTÃO ME RENDO!

                               
Quando me tens
Em teus braços
Teus carinhos
Carícias e afagos.
Quando me beijas levemente
Lambendo-me suavemente
Ou beija-me com força
Sofreguidão, desespero
 Mordes minha boca
Tocas meus seios.
E quando me tomas tua
Completamente nua
Em fogo e desejo
Então me rendo!
Sou toda, dengo.
Toda manhosa
Felina,
Menina,
Gostosa.
Envolvida...
E me fazes única!
Completamente tua!
Fazes-me mulher!   

SOL.Sunshine

Um comentário:

Anônimo disse...

como sempre, maravilhoso o que vc escreve. sente-se a sua alma na poesia.

Sergio