quinta-feira, 12 de abril de 2012

SOL E CHUVA

 Brilham assustadas as gotículas
Do chuvisco que caí insistentemente
Sobre o chão aquecido do sol que
Persiste em mostra-se ao dia

Brilham como pequeninas pedras de diamantes
E logo correm desfeitas em água fina que encontra um córrego

Assisto encantada ao espetáculo formado por essa briga
Entre o sol e a neblina!

Em uma arvore próxima um bem-te-vi assobia
Como avisar  que tudo ver, tudo aprecia.

O vento balanças as folhas verdes das arvores
Que se alegram com  a guerrilha
Bebendo das gotas da chuva
Dançam em fotossíntese
A luz do sol que brilha.

 SOL.Sunshine

Nenhum comentário: