quarta-feira, 25 de julho de 2012

BORBOLETEADA!

Voltei,
Sai do casulo e sinto minhas cores mais vibrantes.
Minhas assas mais fortalecidas pela necessidade de lutar e mostrar a força que eu não sabia ter.
Minha vontade de olhar novamente a luz agora em outra expectativa me faz enxergar melhor, sentir melhor o calor da vida.
Agora vou de flor em flor
Dançarei no campo esverdeado e perfumado
Tomarei banho de chuva
Deslizarei na brisa e correrei no temporal.
Levarei brilho e alegria subindo aos montes e descendo aos vales.
Voarei independente do tempo que me resta.
Hoje quero apenas viver.
Sem recordar o tempo de lagarta,
Em que rastejava e era repudiada.
Chega de dor!
Chega de choro!
Chega  de viver encasulada!
Quero sentir-me livre!
Sentir-me viva!
Borboleteada.

SOL.Sunshine