terça-feira, 17 de dezembro de 2013

DEVORA-ME


Meu olhar desce por teu corpo e lentamente te desnudo
Carinhosamente minhas mãos te buscam.
Ao toque desejável, tua pele estremece, eriça.
Sinto-te aquecer quando me aproximo e te envolvo em minha pele nua...
Então tua boca procura-me
Matamos nossa sede em um beijo molhado
Um beijo suave, delicado.
Acompanhado de carícias.

E entre nossas bocas entreabertas e troca de línguas e salivas, sussurramos palavras de amor que só nós ouvimos,
Só nós entendemos
Só nós sentimos.

E me tomas em teus braços...
Devora-me!!!
Deixo-me domar e entrego-me passiva.
Deslizas tua língua e passeias em meu corpo excitado
Beijando-me, sugando-me arrancando-me gemidos quase inefáveis.
O silêncio predomina.
O amor se faz entre lençóis espalhados
O amor se doa e é doado
Um amor que não se satisfaz apenas em palavras e atos
Mas um amor magno
De alma e essência.

SOL.Sunshine

Nenhum comentário: