POEMAS PARA AMAR!







ME DÁ UM BEIJO!

Me dá um beijo
E tudo passa
Tudo é possível
Tudo acontece
Tudo fica azul
Me dá um beijo
Apenas um
Daqueles de novela
Demorado
Molhado
Doce
Safado
Um beijo
E tudo começa
Ou recomeça
Um beijo
E chuva fica fina
O sol brilha
A vida se ilumina
Um beijo seu
E muda meu dia!

SOL.Sunshine

-----------------------------




CONVITE AO ENCONTRO

Afasta para longe de nós os lençóis que atrapalham
E cobre-me com teus braços
Não demores, vem... Vem... Envolve-me neste abraço
Com tua apele em fogo
Aquece todo meu corpo eriçado.

Olha-me com teus olhos de paixão...de desejo
Olhos que me atraem, me fascinam
E com tua boca faminta, entreaberta
Procuras a minha
Entre sussurros e gemidos
Banhas-me com  tua língua...
Molhas-me com teus beijos

E deslizas em meus seios
Com tua barba macia
Arranha-me...
Sem pressa,
Levemente...
Arrancas-me gemidos, tirando-me o fôlego...
Com tuas mãos desenhas em minhas coxas
Enquanto tua boca sacia o desejo

Sinto tua língua quente
Deliciando-se...
Descendo em meu ventre
Em minha pele branca
Deixa a marca da tua loucura
Me pega... Forte
Assim... Possuindo-me, me domando.
Toma-me...
Inteiramente nua
Completamente tua 
Procuras e encontras
A doçura  
Do  meu prazer...

Ah! Meu amor...
Leva-me,
Leva-me contigo. 
Neste sonho, este martírio
De desejar-te... Amar-te
E não te ter.

SOL.Sunshine
----------------------


 

 DEITA AQUI!!!

Deita comigo,
Tá frio...
Sinto tua falta
Vem pra mim
Teu silêncio diz pra eu me afastar, mas insisto...
Meu corpo se contorce
entre travesseiros e lenções brancos e macios.
Minhas mãos buscam, apalpam e não te encontram.
Vem, vem com tua pele quente,
cobrir meu corpo,
Aquecer-me...
Toma-me em teus braços
Beija-me...Beija-me
Desliza tuas mãos entre minhas pernas
Tocar-me...
Faz-me suspirar de desejo
Gemer de prazer
Insisto e não desisto de te ter...
Vem...
Deita aqui!

SOL.Sunshine

--------------



SEDE DE TI!

Desfruto do prazer!
As tuas mãos delicadas  percorrem meu corpo,
Deslizam  nas curvas procurando sentir a pele  macia e eriçada
Pelo toque de teus dedos buliçosos.
Minha boca entreaberta suplica pela tua
Quero matar minha sede em teus beijos
Morder teus lábios,
Beber tua saliva.

Atendes meu pedido afoito
E sinto tua língua quente
Teu beijo ardente
Abrasar-me.

Em sussurros e gemidos
Entre os beijos recebidos
Declaro-me.
És meu tudo!
Meu amado!

E te sinto em mim
Em um instante de êxtase
Uma entrega de amor
De um gozo intenso,
Partilhado.

SOL.Sunshine

------------------ 


VEM..VEM...

Não tardes a vir

Tomar-me em teus braços.

Não demores a beijar-me

Sentir o calor dos meus lábios.

Não adies teu toque

Meu corpo dorme

Desperta-me

Com tuas caricias

Acorda-me com delícias

Que só tu tens pra mim

Não demores meu amor

Não me deixes assim

Ansiosa por sentir-te

Desejosa por ter-te

Inquieta por amar-te

Vem...
Vem..
Vem...

SOL.Sunshine

--------------




UM COLAR DE PÉROLAS  

Sozinha, encostada a parede do quarto.
Olho pela janela a rua deserta...
Te quero!
Vestida apenas de uma calcinha de renda rosa,
E um colar de pérolas longo
Que contornando meus seios, toca minha pele branca.
E termina  levemente roçando-me o ventre...

O calor me domina.
Deixo a porta entre aberta...

Pra quê tanto?
Vejo-te chegando
Encontra-me
Apenas com um colar de pérolas desenhando meu corpo...

SOL.Sunshine

--------------
 

 EU TE AMO 

 SURPREENDA-ME...
Surpreenda-me... Roubando-me um beijo molhado Um beijo adocicado, demorado... Onde eu sinta a tua língua em busca da minha Onde sinta o calor da tua boca e o sabor da tua deliciosa saliva Surpreenda-me... Abraçando meu corpo molhado de um banho começado Onde as tuas mãos macias deslizam na água fria Encontrando lugares que me levam a delirar Surpreenda-me... Acordando-me com teu corpo colado ao meu Completamente despido, beijando-me os pés, as costas a nuca. E fazendo-me gemer, dengosa e nua ao te receber... Surpreenda-me Tomando-me em teus braços e amando-me em lugares inesperados Na cozinha, na sala, no quarto. Livres de hora ou espaços... Surpreenda-me ao falar em sussurros que me espera Ansioso para me abraçar e me amar Sem tempo determinado para começar e terminar Surpreenda-me e se surpreenda ao me amar!

SOL.Sunshine 
-----------


TEUS BEIJOS! QUERO TODOS ELES! 


Hoje, Quero apenas os teus beijos. Que sejam meus. Acorda-me com beijos delicados Em meu rosto, minha pele, meu corpo. Quero teus beijos doces Teus beijos molhados Teus beijos de amor Beijos de desejos. Ah meu amor Que delícia... Quero tua boca na minha... Quero tua língua de todas as maneiras... A desenhar em meu corpo um caminho de prazer Arrepiando minha tez Descendo até meu  ventre Alucinando-me a gemer...gemer. Beijo de volúpia, beijo ardente. Beijo carinhoso, beijo envolvente. Dai-me todos eles Enche-me de teus beijos Bebe-me, suga-me, toma-me. Beija-me apaixonadamente Teus beijos! Ah!  Quero todos eles. Quero todos os beijos de tua boca linda. Todos, menos um, não desejo ter nunca. Dos beijos de amor que me deste Dos que ainda me darás Dos beijos inesquecíveis Doces, molhados e quentes. Este jamais quero sentir em minha vida Nunca disponhas em tua boca O beijo amargo da despedida.

SOL.Sunshine

--------------------------


CAÇA DE AMOR!     
Corpos despidos. Suados Colados! Domino-te! Faço-te presa do amor. Abres a boca. Bebes  minha saliva Mato tua sede, Neste beijo, Enlouquecedor!

SOL.Sunshine

         ---------------------



MEU PEDIDO!

VEM!
Beije-me...  Sempre, em  minha boca, meu colo, meu rosto. 
Toque-me...Mais além, em minha pele, meus seios, meu corpo.
Queira-me...Um tanto mais,aqui, agora, onde for.
Deseje-me...Mais um pouco,dando-me prazer e gozo. Ame-me...Infinitamente,
Como te amo!

SOL.Sunshine

-----------------------



LOUCA DE DESEJO...

Toca-me ...toca-me com teu olhar 
Fala... fala com tuas mãos 
Sonha... sonha com teus desejos
Realiza... realiza todos eles em mim
Cala... cala com teus beijos 
Leva-me... leva-me além do prazer
Vem... vem  possuir-me 
Agora... Agora apenas sente
Continua...Continua e não para
Fica fica  assim. 
Toma Toma meu gozo
Goza... goza dentro de mim.

SOL.Sunshine

-------------------------

ATÉ O ÊXTASE DO GOZO!
Agora enlouquecidos de prazer pelo desejo e
o desespero de termos um ao outro,perdemos o controle de sobre nossas mentes, nossos corpos.
E nos entregamos inteiramente à satisfação do amor aberto, intenso.
Pele a pele
Boca a boca
Línguas que dançam em bocas enlouquecidas
Mãos que não se saciam...
Bicos eriçados de seios excitados...
chupados...mordidos procurados.
Já não mais apenas sonhando, não mais apenas querendo,
mais possuindo... tendo.
Sentindo cada momento mais e mais a sede de bebermos nossos gozos.
Derramas em mim teu liquido quente ao som de gemidos insanos me embriagando, atordoando...
Enquanto me tens em ti úmida e pronta para saciar-te todo.
E me tomas na fúria da paixão
Fazes-me tua completamente nua...
E te tenho meu, arrebatado,
Até o êxtase do gozo.
                    
SOL.Sunshine

 -------------------------------



UM BANHO DE AMOR!

Banho-me nas águas límpidas do rio que corre ligeiro entre as pequenas pedras e leva  em si meu cheiro para perto do meu amado, deitado no gramado.
 
E despida nas águas,sigo o curso do rio que me leva a ele, 
E deito-me ao seu lado.
 
SOL.Sunshine 

------------------------
 





SIM, PODES! 

 Podes sentir meu cheiro misturar-se a mim e vestir-me com tua pele.
Tocar-me e conhecer-me .
Podes beber-me, sorver-me.
E nossas mãos se entrelaçam 
E nossos corpos se aquecem 
Nossas bocas se oferecem na junção do prazer e do desejo.
Uma entrega sem pudores, sem receios. Enlouqueço!  

-------------------


UM LENÇOL DE SEDA!
Afasta delicadamente o lençol de seda vermelho que cobre meu corpo branco,desenhado apenas por uma lingerie de renda bordada.
Puxas com carinho a fita de cetim que me prende a ela e deslizas suavemente tuas mãos entre minhas coxas...
Me cobres de prazer...
Beija cada parte de minha pele arrepiada a.
 té encontrar minha boca  semi aberta sedenta de paixão Sugas com volúpia meus seios deixando nódoas,e desce tua língua até meu ventre me fazendo gemer de Desejo... Acompanha as curvas do meu corpo com o toque delicado de teus dedos.
Enrosco-me entre ti e o lençol de seda vermelho... 
A suavidade de teu toque e a textura do tecido fazem-me deslizar e me levam pra mais perto do teu peito,sinto tua pele, teu cheiro...
O lençol de seda, deixamos cair ao chão. 
Na procura de nossos corpos famintos tu me fazes mulher Eu te vejo menino...
Agora em meios às caricias,em jogo de corpos, mãos e anseios, entregamo-nos as loucuras e esquecemos o medo. Falas palavras de amor enquanto me roça o pescoço entre os gemidos e beijos no êxtase do gozo!
Suspiros e corações acelerados e tudo que se pode ouvir. Mornas águas descem meu corpo procuro meu lençol de seda vermelho...
Quieta adormecida tu me admiras a sorrir! 

 Sol.Sunshine

----------------


ALQUIMIA!
Nesta noite meu doce e suave perfume exalando rosas de uma mulher pronta pra amar encontrou o teu perfume de homem, seco, amadeirado e quente a me cortejar.
E juntos aos nossos corpos nus, nossa saliva e nosso suor Fizeram surgir uma nova fragrância ao nosso momento de amor.
Que cheiro é esse que só nós conhecemos?
Este perfume que é ao mesmo instante adocicado e abrasador!
De um nécta que sinto em cada parte de teu corpo,um perfume que penetra minha pele insistentemente,me faz desfalecer, me enche de calor.
Quando deitaste ao meu lado e me beijaste a boca apagamos a luz e nos procuramos na penumbra,apenas o nosso perfume pairava no ar,bailando embalado ao som dos nossos corações cansados,uma melodia de satisfação que me faz delirar.
Aquele perfume no ar me embriagava de praze.
Eu não sei dizer em que momento ele surgiu ou o senti, se no êxtase do gozo ou no instante do repouso. 
O perfume! 
Ah! O perfume... 
Fez-me sonhar...

SOL.Sunshine


----------------



Vives em meus devaneios

Vives em mim
Dentro de mim
A me abrasar...

Estou impregnada com teu cheiro
Completamente embriagada de teu gosto teu anseio
Viciada em te beber
Deslumbrada por te amar e te amar...

És como vinho envelhecido
Que sorvo devagar
Bebida que se apura o aroma
Antes de se degustar.

Teus cabelos lindos, grisalhos,
Mostram o tempo vivido
O homem experiente, marcante, atrevido.
Que sabe envolver, conquistar.

Em teus olhos meigos
Teus traços serenos
Teu jeito atrevido de me abraçar
Para me chamar
Basta
Um olhar!

Então, observa-me.
Com olhar de sede e desejo
Arranca minha roupa
Teus olhos despem-me de meus medos, temores e receios.
E sorvo-te, cada gole embriagando-me mais e mais de ti.
Meu vinho envelhecido!
Estou aqui!
 
SOL.Sunshine 
----------------


DESCREVENDO TEU BEIJO!

Um olhar definido que convida A pretensão de duas almas excitadas, famintas... Duas bocas sedentas Línguas que se tocam Dançando, sugando, sentindo a cobiça em uma mistura de salivas Desejos contidos Pelos toques e procuras de mãos inquietas Que buscam carícias refreadas... Um momento sereno, lento Tardio e esperado. Em mundo único, só nosso. Um passeio em tua boca carnuda e apetitosa Que seduz, atiça, provoca, atrai... Teu beijo, tua língua, tua carne e tudo mais...
SOL.Sunshine


--------------------



E VOCÊ DEIXOU.

 Eu pedi Pedi para beijar-te Sentir o quanto tua boca é macia, quente, deliciosamente ardente. E mesmo em silêncio, me convida. E você deixou! Então me aproximei manhosa e dengosa, mordi teu queixo, molhei teus lábios contornando-os com minha língua, até encontrar a tua e te beijei apaixonadamente envolvida. Pedi para tocar-te Sentir tua pele morena e suave Pedir para acariciar-te. E você deixou! E eu percorri teu corpo com minhas mãos sem pressa e conheci cada um de teus poros, cada detalhe de sua pele que ao meu toque estremecia, E senti seu cheiro que me seduz, me atrai e alicia. Então eu pedi segredos, ditos em sussurros em seu ouvido. E você deixou! Mas esses... São só nossos... Eu não conto pra ninguém!

SOL.Sunshine
----------------------------

DELICIOSAMENTE SELVAGEM.
 
Densamente me apanhas como uma caça Em tuas mãos ásperas e rústicas, Sinto teu hálito quente  enquanto me mordes a nuca. E com sofreguidão  encontras minha boca Beijas-me com força e morde-me os lábios. Recebo tua língua a invadir-me Provo do teu gosto, embriagando-me. Enquanto com as tuas mãos tateias em meu corpo Teu desejo Tua barba mal feita fere minha pele, Em busca de meus seios. Tomas-me em teus braços fortes Abraça-me até tirar-me o fôlego Sinto teu calor entre minhas pernas Em meu corpo acendes o fogo Imobilizada me rendo ao teu apelo E teu suor salgado Misturar-se com meu cheiro doce. Prende-me entre ti e a muralha Enquanto  gemes em sussurros Deixando-me atordoada Penetra-me com desejo e fúria Levando-me a desatino de loucura Recebendo teu gozo extasiado. Brutamente me tomas. Delicadamente me entrego A um sexo selvagem Deliciosamente felino De lúcida e alucinado De gata e rato De rosa e espinhos De enigmas e mistérios. 

SOL.Sunshine
------------------------------ 

SUSPIROS E SUSSURROS.
Eu te quero assim Em meus braços, enlouquecidamente envolvido em meus abraços. Beijando minha boca mordendo meus lábios Passeando com tua língua, Sentindo meus sabores. Atordoando minha mente, estremecendo meu corpo com teus infinitos afagos. Eu te quero assim Dentro de mim Fazendo-me mulher, me tornando tua. Descendo tuas mãos, passeando em meu corpo, apertando, desejando... Deixando-me conhecer o quanto és rude Arrancando-me suspiros e sussurros de prazer e gozo. Sentindo o suor escorrendo entre nossos corpos Em um instante que se torna infindo Em um momento em que só nós existimos. Eu te quero completo Te quero com intensidade Te quero todo. Até que te canses e adormeças ao meu lado completamente exausto E eu possa apreciar-te adormecido, Velando teu sono...   Abraçada ao teu corpo... Enquanto dormes, Te beijando... beijando... beijando...

SOL.Sunshine
 

Um comentário:

Anônimo disse...

um blog onde cada palavra colocada nas linhas e entrelinhas mostra a beleza interior de quem escreve. Dizer que é belo demais, não faz justiça a autora.

Sergio